Queixas “com estilo”

Nem tudo nos agrada nos outros, e é natural que chegue um momento que nos queixamos, queixamos daquilo nos faz confusão, não percebemos, não aceitamos. E sim, é natural, no entanto estas queixas devem ser feitas “com estilo”, com arte. Sendo a queixa algo que soa a negativo, se o fizermos com zanga e semContinue a ler “Queixas “com estilo””

Quando um se esforça é suficiente?

Com frequência acontece sentir que se frustra, que está só, que se cansa em vão, e apesar de tudo o que faz não ter sido pedido por ninguém, apesar do que o que faz foi uma escolha própria, quando se apercebe que está sozinho cobra e sente-se injustiçado e incompreendido.
 Com frequência acontece sentir que se frustra, que está só, que se cansa em vão, e apesar de tudo o que faz não ter sido pedido por ninguém, apesar do que o que faz foi uma escolha própria, quando se apercebe que está sozinho cobra e sente-se injustiçado e incompreendido.


E se nos decidirmos divorciar?

Quando avançamos para viver em relação desejamos que tudo corra pelo melhor, investimos toda a nossa energia e com amor tudo superamos e entendemos. No entanto temos tendência a esquecer que nem sempre será assim. Haverá dias menos bons, desentendimentos, e inevitavelmente momentos em que só queríamos não ter decidido estar na relação. No entanto,Continue a ler “E se nos decidirmos divorciar?”

A perda de um filho…

Quando se perde um filho pela sua morte há uma inversão na lógica da vida…é um dos momentos que apanha os pais totalmente desprevenidos e sem perceber como é possível. É uma das perdas mais dolorosas e com mais peso emocional para os pais. Todos temos sonhos para os filhos, para o seu futuro eContinue a ler “A perda de um filho…”

É para vacinar ou não?

Nos últimos dias muito se tem debatido sobre a vacinação para o SARS COVID 2 para as crianças/jovens dos 12 aos 15 anos de idade, e para o escalão etário seguinte foi aberto um período especifico no fim de semana de 14 e 15 de agosto. Todos nós temos expectativas sobre as vacinas. sobre aContinue a ler “É para vacinar ou não?”

A garantia de sermos desejados.

Todos nós necessitamos de nos sentir seguros nas nossas relações. Importa sentirmos que somos desejados, amados, confiantes de que as pessoas que nos rodeiam são de facto presentes nas nossas vidas. Esse testemunho é dado com os atos da vida diária, quando somos acompanhados em momentos de felicidade e quando o somos em momentos difíceis.Continue a ler “A garantia de sermos desejados.”

Casamento feliz…segredo!

Estive recentemente num casamento e é notória a felicidade dos noivos, da família, dos amigos! São todos testemunhas de um dia repleto de felicidade em que se acredita que é para sempre, porque o amor tudo pode, o amor tudo suporta… Mas também todos sabemos que ao longo da vida em comum surgem dias maisContinue a ler “Casamento feliz…segredo!”

Ser e Estar…

A importância de sabermos distinguir entre SER e ESTAR. O SER supõe que faz parte de nós, é o que somos, significa uma característica habitual em nós. O ESTAR supõe temporalidade, é um estado ou condição momentâneo. É frequente que nos possamos referir a alguém de quem nos queixamos dizendo que a pessoa está isto,Continue a ler “Ser e Estar…”

Os avós! Uma presença que faz diferença!

Hoje partilho a mensagem dos avós cá de casa. Estão manifestas várias emoções e sentimentos: o amor, a alegria, o cuidado, o respeito, o educar, a oportunidade de se fazer diferente porque já existiu a experiência de serem pais e a da vida. Está ainda presente a preocupação com o futuro, que os netos tenhamContinue a ler “Os avós! Uma presença que faz diferença!”

Cão que ladra…

“Cão que ladra não morde” é uma expressão popular que significa que alguém que fala muito pouco ou nada faz. Só ameaça. Assim , seria uma pessoa que não passa das palavras aos atos. No entanto também sabemos que tal não é necessariamente assim, porque há sempre a possibilidade de “morder pela calada”. Rezam asContinue a ler “Cão que ladra…”