A garantia de sermos desejados.

Todos nós necessitamos de nos sentir seguros nas nossas relações. Importa sentirmos que somos desejados, amados, confiantes de que as pessoas que nos rodeiam são de facto presentes nas nossas vidas. Esse testemunho é dado com os atos da vida diária, quando somos acompanhados em momentos de felicidade e quando o somos em momentos difíceis.Continue a ler “A garantia de sermos desejados.”

Casamento feliz…segredo!

Estive recentemente num casamento e é notória a felicidade dos noivos, da família, dos amigos! São todos testemunhas de um dia repleto de felicidade em que se acredita que é para sempre, porque o amor tudo pode, o amor tudo suporta… Mas também todos sabemos que ao longo da vida em comum surgem dias maisContinue a ler “Casamento feliz…segredo!”

Ser e Estar…

A importância de sabermos distinguir entre SER e ESTAR. O SER supõe que faz parte de nós, é o que somos, significa uma característica habitual em nós. O ESTAR supõe temporalidade, é um estado ou condição momentâneo. É frequente que nos possamos referir a alguém de quem nos queixamos dizendo que a pessoa está isto,Continue a ler “Ser e Estar…”

Os avós! Uma presença que faz diferença!

Hoje partilho a mensagem dos avós cá de casa. Estão manifestas várias emoções e sentimentos: o amor, a alegria, o cuidado, o respeito, o educar, a oportunidade de se fazer diferente porque já existiu a experiência de serem pais e a da vida. Está ainda presente a preocupação com o futuro, que os netos tenhamContinue a ler “Os avós! Uma presença que faz diferença!”

Cão que ladra…

“Cão que ladra não morde” é uma expressão popular que significa que alguém que fala muito pouco ou nada faz. Só ameaça. Assim , seria uma pessoa que não passa das palavras aos atos. No entanto também sabemos que tal não é necessariamente assim, porque há sempre a possibilidade de “morder pela calada”. Rezam asContinue a ler “Cão que ladra…”

Só “estar” aqui é bom!

Gosto de saber quais os aspetos positivos que as pessoas encontram na vinda às consultas. O que sentem que melhora? O que acontece após estarmos em consulta. E a simplicidade das respostas é muitas vezes tranquilizadora para mim: Só estar aqui é bom! Só estar aqui na consulta, é sentido como um ganho. Uns porqueContinue a ler “Só “estar” aqui é bom!”

Férias de ecrãs precisam-se!

As famílias têm estado a passar por tempos difíceis. Todos nós, e cada um. O tempo de utilização de ecrãs aumentou e muito, é o teletrabalho, são os isolamentos e confinamentos que nos deixam encerrados no meio de quatro paredes e da tecnologia, e o que até aqui era considerado perturbador e excessivo, tem estadoContinue a ler “Férias de ecrãs precisam-se!”

Satisfação sexual. De que depende?

Podemos considerar a comunicação do casal e o amor como duas variáveis que mais contribuem para um relacionamento conjugal satisfatório, e por consequência para uma maior satisfação sexual. Assim, quanto menor for a satisfação conjugal, maior a probabilidade de existir insatisfação sexual. Ou seja, a satisfação sexual não depende apenas de satisfação com fatores relacionadosContinue a ler “Satisfação sexual. De que depende?”

“Acordar” para o Acordo!

Mas é preciso concordar com tudo? Não posso ter direito à minha opinião? Somos muito diferentes, por isso é praticamente impossível estar de acordo! Sinto que não posso dizer o que penso. Quase nunca estamos de acordo. Estas são algumas das frase que escuto em consulta. A opinião é um modo de ver pessoal. ÉContinue a ler ““Acordar” para o Acordo!”