Quando um se esforça é suficiente?

Em família há a tendência de um fazer mais e esforçar-se mais do que os outros para o bem comum, e a pergunta que se impõe é se tal resulta. É esse esforço individual suficiente?


Dificilmente.

A família é composta por todos os eleitos pelo que é o esforço de todos que conta. É bem vindo todo e qualquer esforço, mas sendo de um só não é suficiente.

Muitas vezes quem está nesse papel espera contagiar os “outros” com a sua ação, pensa inspirar, pensa que vai mudar, é mais que pensar,

é acreditar que tal é possível.

Mas na realidade nos não contagiamos ninguém a ser diferente, o SER associa-se às nossas características e nos só mudamos quando somos nos próprios a sentir vontade dessa mudança.

Com frequência acontece sentir que se frustra, que está só, que se cansa em vão, e apesar de tudo o que faz não ter sido pedido por ninguém, apesar do que o que faz ser uma escolha própria, quando se apercebe que está sozinho cobra e sente-se injustiçado e incompreendido.


Pensar em esforço é pensar em algo que custa, e de facto a m minha opinião é que não devemos estar em esforço, estar na relação não deve ser esforço, tudo deve fluir, se eu estou em esforço é porque alguém não repara nos meus limites, no que é importante para mim, e então temos outras questões para colocar em ordem.

Assim, a bem de todos, as alternativas que nos restam, caso os nossos pares mantenham as suas características, será aceitar que é assim, e compreender que quando sentimos que estamos “em esforço” esse é um esforço que fomos nós que decidimos ter, não podendo ser usado como moeda de troca, uma vez que não nos foi pedido, fomos nos que sentimos ser necessário fazer e fizemos, de acordo com a nossa forma de ser e estar.

Nós acreditamos que assim seria melhor, mas se os outros não sentem essa necessidade nunca vão perceber o porquê de assim ser melhor, ou até podem ter outra proposta e outro modo de fazer.

Aceitar o que não podemos mudar torna-se fundamental para prosseguirmos em paz e harmonia.

Alexandra Alvarez I A vossa terapeuta familiar e de casal

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: