Exigir menos do parceiro.

A pessoa com quem casamos é a que mais nos pode dececionar, pois é nela que que depositamos todas as esperanças, e é sobre ela que recaem todas as nossas expectativas. Quanto mais esperamos dela maior a frustração sentida se não existir correspondência. 

Talvez se fossemos menos exigentes com o nosso par, e se não fossemos tão otimistas quanto à correspondência que vai existir entre nós, as coisas fossem mais fáceis.

Curiosamente, uma das formas de fazer com que o casamento resulte é não esperar tanto dele. 

Existem razões profundas pelas quais a felicidade nem sempre estará presente, e ter essa noção é muito importante, a noção de que não vamos poder ser felizes a tempo inteiro na nossa relação.  

Cada parceiro tem o seu caráter, a sua forma de ser e estar, o que é complexo.

Evitar o mau humor, evitar o stress, permanecermos calmos, são características que nem sempre conseguimos ter presentes, e com muita dificuldade falamos sobre isso ao nosso parceiro.

Uma relação exige que o outro desempenhe um número inviável de papéis na vida do casal: ele deve ser o melhor amigo, companheiro sexual, chefe de família, motorista, cozinheiro, talvez co-pai, companheiro de viagem, confidente, conselheiro,… mas claro, todos nós inevitavelmente falhamos em alguns desses papeis, algumas vezes.  

A nossa consulta.

Esperar que possa haver problemas não é desejar que haja alguns;  nem significa trazer problemas à existência.  Significa simplesmente tomar algumas precauções sensatas. 

Se “sofrermos” na relação com o nosso parceiro em alguns momentos, não será um sinal de que nossa vida de casal deu errada;  em vez disso, devemos entender que o nosso relacionamento está a revelar a natureza “lindamente” complicada do amor verdadeiro e duradouro. Um amor verdadeiro e duradouro tem provações.

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar e de Casal I Contactos: 911 846 427/trilhosfamiliares@gmail.com

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: