Como voltar a confiar? Como voltar a ser confiável?

cropped-mc3a3e_galobom– E o que teria que fazer a Cristina para que o Rui conseguisse voltar a ganhar essa confiança?

– Voltar a ser como era, despreocupada, sem andar sempre agarrada ao telemóvel, chegando a  casa às horas habituais, estando descontraída comigo.

– Cristina, sabia que é isso que o Rui espera de si?

– Sei, sei que é isso, e é assim que eu também quero que as coisas sejam, mas o Rui não facilita…

– O que é não facilitar?

– Dra. Alexandra, ainda ontem caiu uma mensagem no meu telemóvel durante o jantar. Eu não a fui abrir na altura, e ele não se controlou e já estávamos deitados, o Rui veio perguntar– me de quem era a mensagem, não acreditou que era de uma amiga e quis  que lha mostrasse.

-E nessa situação o que sente?

– Sinto-me mal e que nunca mais vou recuperar a confiança dele, faça o que fizer. Acabei por lhe passar o telemóvel para a mão, para evitar que tivessemos uma discussão.

– Rui, às vezes é uma questão de tempo. A Cristina tem-lhe dado os sinais que precisa?

– A Cristina tem dado os sinais, mas eu entro muitas vezes em angustia, nem sabia que estava assim. É quando lhe faço perguntas e ela se irrita, ou fica em silêncio … eu fico muito mal.

– De quanto tempo acha que precisa?

– Dra. às vezes parece que superei tudo, Passamos um tempo bom, namoramos, fazemos amor. Mas depois instala-se outra vez a desconfiança….

– Cristina vejo que está a chorar, o que sente? A Cristina também começa a ficar cansada porque nos últimos seis meses sente que tem dado provas que quer ficar no casamento, com o Rui.

– Sinto-me mal, não sei o que fazer mais para o Rui acreditar em mim, estou cansada de que me faça as mesmas perguntas, queria pôr uma pedra neste assunto e recomeçar… e recomeçar de novo.

– Essa noção de recomeço seria importante. Ambos estão em sofrimento. O vosso casamento foi alterado e é muito importante reconstruí-lo, com a perspetiva de que é outra fase.

Com as pessoas que são hoje, com os acontecimentos vividos e com as realidades existentes que casamento é possível terem? Sim, porque será sempre um novo casamento, assente noutros pressupostos, noutra história…

Nota: as imagens são captadas entre amigos com a sua autorização para retratarem o contexto real das sessões, a estória de casal relatada é de todos a que a já viveram e daqueles que a possam vir a viver e de ninguém em especial. É também recriada para exemplificar temas que podemos trabalhar nas sessões.

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar e de Casal I Contacto: 911 846 427

 

 

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: