Foi há muito tempo! Mas já aconteceu…

– Boa tarde Arminda, Boa tarde Carlos!

– Boa tarde Dra. Alexandra Alvarez

– Podem sentar-se, estejam à vontade…estou aqui na qualidade de Terapeuta Familiar, a consulta vai demorar cerca de 1h, e durante esse tempo, e porque é uma primeira consulta, depois de nos apresentarmos vamos perceber o que vos traz por cá, e em concreto o que gostariam de ver mudado na vossa família.

(apresentações feitas)

–  Carlos, talvez nos possa dizer agora qual o motivo de terem vindo à consulta…

– Tem muito a ver com a nossa dificuldade em estarmos de acordo, o estado de espirito lá em casa não é dos melhores. Só para ter uma ideia…às vezes organiza-mo-nos para uma saída ou atividade que até inclua os nossos filhos, mas de repente, sem perceber mos o motivo, todos ficamos aborrecidos, não se sai, e cada um fica a fazer qualquer coisa individualmente!

–  É assim Arminda?

–  Sim, em parte é isso que acontece, chegamos a ter tudo planeado, estarmos quase a sair de casa e de repente … ainda este fim de semana aconteceu. Íamos aos meus pais, e por causa de um casaco que eu achava que o nosso filho devia vestir, e ele não queria, o Carlos desvalorizou, começamos a discutir e acabei por sair de casa eu sozinha e ir por aí…

– Dra. não está a ver. E depois nós telefonamos para a irmos buscar e irmos aos meus sogros, e ela já não atende o telemóvel, eu fico sem perceber o que é suposto fazer, e acabei por ficar em casa com os miúdos…

–  Arminda o que fez com que não atendesse o telefone?

–  Estou cansada, parece que as regras sou eu que tenho que pôr, o Carlos tem uma maneira diferente de ver as coisas, e depois contraria-me à frente dos miúdos e eu não estou para isso. Não atendi porque não queria falar com ninguém…

– Estes tipo de acontecimentos é natural na vossa família?

–  Digamos que desde há uns 2 anos, 2 anos e meio que é assim…

– Lembram-se dos tempos em que as coisas aconteciam de outra forma? De uma forma que vos deixava feliz?

– Sim claro, antes era diferente – diz o Carlos

– E nessa altura o que acontecia de diferente na vossa relação?

( e a consulta decorreu, importando perceber quando é que a família deixou de se sentir feliz, quem acredita que ainda é possível recuperar esse sentimento, quem está disponível para fazer qualquer coisa. importa recuperar os momentos em que as relações funcionam e lembrar com a família que já foi possível estarem noutro registo. as memórias de que as relações já foram satisfatórias são reavivadas!)

alex_recorte_pp
 

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar

 

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: