Não existem lugares especiais para se ser feliz!

logo_final – Mas isso foi na primeira crise da vossa relação, quando decidiram ir viver para Nice. e depois na segunda crise como é que chegam à decisão de Sidney?

– Dra. é simples, eu estava desesperado, achei que de facto tínhamos que fazer qualquer coisa de diferente, eu amava-a, e olhe foi mesmo assim…na loucura…olhei para ela, ela tinha no fio um berloque que eu achava muito engraçado, de um canguru, com um filhote na bolsinha, e quando ela me pergunta: “E desta vez vamos abrigar-nos onde?” eu respondi: “Para Sidney”.

Senti que valia tudo para tentarmos recomeçar, pensava eu, e Sidney parecia-me suficientemente longe para ficarmos mais perto…mais perto de nós, mas não resultou!

– Amélia o que me quer dizer? O que sentiu quando o Ricardo explicou a parte dele?

– Eu conheço a história, ele também me diz isso a mim, mas de facto não resultou. Aliás os nossos amigos todos nos disseram que não fazia sentido. Não há lugares mágicos onde nos possamos abrigar para ser felizes. A felicidade tem que vir de nós para nós, e o Ricardo não entende. Eu teria que ser feliz com ele em qualquer parte, se fosse para o ser!

couple

– Ricardo quer comentar o facto da sua decisão ter sido comentada como uma decisão sem sentido?

– Não tem que fazer sentido, uma decisão para mim é uma decisão, é algo que tenho que assumir como válido para mim. Nem quero saber se faz sentido, a questão do sentido só existe aos olhos dos outros, se eu decidir é porque me faz sentido a mim!

– E sobre não haver lugares para se ser feliz e a possibilidade de ser feliz em qualquer parte?

– Isso estou a compreender agora, e quero ficar com a Amélia em Lisboa!

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar, Parental e Conjugal

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: