Ele tem algum problema?

logo_final – Eu acho que o Pedro tem um problema de audição.

– Querida, lá estás tu com os teus receios e a ver problemas onde não os há!

– Mas em que se baseia a Natália para sentir isso? – pergunto eu.

– Eu sempre que mando o Pedro arrumar os brinquedos ou fazer qualquer tarefa ela não reaje.

– O que quer dizer com isso?

– Continua a brincar e não me liga nenhuma…

– Dra. mas não lhe parece que é uma atitude típica de uma criança de 4 anos? – pergunta o marido/pai João

– Sim, todos sabemos que as crianças gostam de brincar, mas de qualquer modo gostava de perceber melhor o que observa a Natália. O Pedro não arruma e continua a brincar. E o que se passa a seguir?

– Acabamos por ser nós a arrumar…

– E enquanto isso o que faz o Pedro?

– Vai ver televisão! responde o João.

– Mas o que vos impede de o deixarem arrumar o quarto convosco?

pinoqio

– Olhe, às tantas é mais fácil e mais rápido. Também cansa estarmos sempre a chamá-lo…

– Acredito, mas é preciso serem firmes e insistirem. Se o chamam e o Pedro não reage, e depois já sabe que os pais vão fazer o que lhe pediram, eu acho que ele tem ganhos em dar a entender que não ouve. Se Têm dúvidas sobre a sua capacidade auditiva devem falar com ele para o perceber.

– Pois, mas como tenho dúvidas não insisto, tenho medo de ser injusta. Uma coisa é ele ter de facto problemas, outra seria se ele fingisse não ouvir só para não saber, isso é que não podia!

– Natália, mas ainda que a surdez existisse, as regras e rotinas também têm que estar presentes.

– Isso é o que eu digo à Natália, mas a minha mulher acha que se existir um problema o nosso filho tem que ter um tratamento especial!

Reflexão: Muitas vezes queremos uma vinheta (diagnóstico clínico) que justifique aquelas que são as nossas fraquezas enquanto educadores###

Educar é ser firme, corrigir e repetir a correção as vezes necessárias, só assim contribuímos para a formação de adultos responsáveis e cooperantes.

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar, Parental e Conjugal.

 

 

 

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: