A oportunidade da doença fatal

Apanhar aquele comboio foi o melhor que me aconteceu, poder sentar-me e olhar pela janela, como que em jeito de despedida.

Despedida dos que ficam, dos que conheci, dos que ficaram por conhecer, dos que não quis conhecer, dos que quis conhecer e não conheci. Não conheci mas vou conhecer agora, a minha querida bebé desgarrada de mim mal quis nascer, e que ao não conseguir nascer me impediu de viver também.

Passaram quinze anos, quinze anos de lágrimas por não ter podido suportá-la, aconchegá-la, amá-la, mas finalmente a vida foi justa.

Tenho 40 anos e diagnosticaram-me esta doença terminal que para muitos seria fatal, mas para mim essa fatalidade reverteu-se na certeza de me poder juntar a ela. É essa esperança que agora, neste momento exato da partida, me faz sorrir serenamente pela certeza de nos irmos encontrar em breve.

Acho que nesse sentido o Alfredo até ficou com pena de não me acompanhar. A tranquilidade que lhe transmiti por este encontro tão avidamente esperado por mim, também lhe conferiu tenacidade a ele. Sim, o Alfredo sabia que na realidade eu tinha deixado de viver.

Nunca suportei a ausência daquela parte de mim, perdi o fogo que nos abrasava, já não nos sentíamos na nossa intimidade. Ele quis aceitar-me e compreender, mas claro que isso não o satisfazia, nem a mim. Mas fiquei toldada pela mágoa, por isso, quando me fecharam os olhos senti levantar-me pressurosamente, com destino à minha nova vida.

Também quero deixar viver o Alfredo a quem tanto devo pela dedicação que não lhe dei, pela compreensão que não lhe tive e por uma entrega recusada desde então.

Desejo que Anjos me anunciem para que nos possamos encontrar, nunca nos vimos, mas eu amo-a e acho que também ela não se impediu de me amar.

 

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar, Parental e Conjugal

Consultas de 2ª a sábado após as 17h nos dias úteis, e manhãs de sábado. Faça o seu agendamento pelo TM 911 846 427. Clinica Biuti, em Alvalade.

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: