Que pena não termos tentado o impossível

Faltou tentar o impossivel ! Tanto nos preocupava o futuro que deixavamos perder o presente. Porque estaríamos nós tão preocupados com o futuro? Não será que as relações com presente têm o futuro assegurado?
Só tentará o impossível quem realmente queira o impossível ter. O impossível só é acreditado por quem tudo crê poder conseguir. O impossível só o é sem determinação e acontece só por ser acreditado, viver em check list não chega, há que levantar voo.
E é quando levantamos voo que conseguimos abranger a totalidade do outro, a vista aérea tem planos invisíveis a quem não voa. Tentar o impossível é lidar com todos estes ângulos, com todas as possibilidades, e arriscar, é investir em algo, sem investimento dificilmente há resultados. Permite-nos ver o outro.
E ali estava Sofia! O desejo de ser mãe de um filho do António era já uma certeza, sempre o foi, mas para António as coisas não se passavam de forma tão certa. Se tivesse entendido a Sofia poderia ter feito diferente, mas precisou de se entender primeiro a ele próprio não se decidindo no seu desejo, decidindo-se antes no evitar a intimidade que poderia conduzir a uma paternidade não previsível por si.
Sofia por sua parte pôs em duvida a sua feminilidade e reprimia uma libido que chegou a considerar odiosa, pois o prazer que incessantemente buscava não era correspondido, sem que ela supusesse a inoportunidade vivida por António. Conversarem os dois sobre uma vida a três não foi uma opção. Sofia porque não queria ver vedado o seu anseio, António porque não queria formalmente vedar o anseio de Sofia. Mas conversar, expor os sentimentos que trespassavam um e outro era impossível, ambos sabiam que a dessintonia de desejos acabaria por apontar para estradas diferentes, que ambos receavam percorrer sozinhos.

Alexandra Alvarez I Terapeuta Familiar, Parental e Conjugal

Consultas de 2ª a sábado após as 17h nos dias úteis, e manhãs de sábado. Faça o seu agendamento pelo TM 911 846 427. Clinica Biuti, em Alvalade.

Publicado por Terapia Familiar e de Casal - Alexandra Alvarez

Olá, sou Alexandra Alvarez, mãe de 5 filhos, terapeuta familiar e de casal, formadora e supervisora. Faço consultas com famílias e casais para "fazer acontecer" relações positivas! Uma nova oportunidade, para que todos sejam ouvidos e para que todos possam ouvir, numa perspetiva de entendimento e reforço de competências. " Family trainer " (inspiração no personal trainer), num modelo aproximado de coaching familiar, parental e de casal! Com paixão!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: